Start Session - Search - All Articles - Options - Language:

Secção Observatório


Para mais informações consulte o Edifício Observatório!

  • Nesta secção é possível visualizar a disposição das regiões, de todas as zonas que o observatório alcança.
  • A cada evolução do observatório (nos edifícios) é aumentado o seu alcance, aumentando o número de zonas visíveis.
  • Devido à disposição das zonas no System Empires, a aproximação aos polos trás duas situações:
  • O alcance do observatório é afectado e o mesmo nível do edifício vê menos zonas vizinhas, do que um observatório que estivesse numa zona mais central do planeta.
  • Em contrapartida, as viagens para zonas vizinhas são mais rápidas.


1. Interface e sua constituição

  • No topo da página, por omissão, aparece a ajuda.
  • Seguem-se duas imagens:
  • A primeira indica se existem ou não destroços, na zona que está a ser visualizada;
  • A segunda dá acesso a um mecanismo para reportar nomes impróprios de jogadores e regiões.
  • Na mesma linha tem-se ainda a lista das zonas visíveis pelos Observatórios do Império, no planeta em questão.
  • Se clicar em qualquer um dos números da lista passará a vista para essa zona;
  • Por omissão, a lista encontra-se por ordem crescente de distância:
  • Zonas a cinzento correspondem a zonas visíveis pelo observatório da região actual;
  • Zonas a azul correspondem a zonas visíveis por observatórios de outras regiões;
  • A barra "|" separa as diferentes zonas por raios de observação (alcances diferentes, sendo as zonas mais à esquerda as mais próximas e as mais à direita as mais distantes).
  • Se clicar em ZV, as zonas ficam ordenadas por ordem crescente do seu valor.
  • Ao centro, encontra-se uma grelha que corresponde ao mapa da Zona actual.
  • Cada elemento dessa grelha corresponde a uma região. A sua constituição é a seguinte:
  • Caso não esteja colonizada, apenas tem a indicação, ao centro, das suas coordenadas;
  • Caso esteja colonizada ou em trabalhos de colonização tem:
  • Indicação das suas coordenadas no canto superior esquerdo;
  • Um * se houve actividade do seu dono nos últimos 30 minutos;
  • Uma ou mais das seguintes 6 letras:
  • P - Jogador Protegido, por ter menos de 12 pontos, não pode ser atacado/espiado nem pode atacar/espiar ninguém;
  • N - Jogador Fraco/Novato, não pode ser atacado/espiado por si e vice-versa;
  • E - Jogador Forte/Experiente, não pode ser atacado/espiado por si e vice-versa;
  • I - Jogador Inactivo, não tem qualquer protecção de sistema, pode ser atacado um número ilimitado de vezes;
  • V - Jogador em Férias, não pode ser atacado/espiado por ninguém;
  • B - Jogador Banido pelo sistema/administração, tem um estatuto normal;
  • O nome da região (dado pelo dono);
  • O nome do dono da região (verde se for uma região do próprio jogador);
  • A posição do jogador no ranking geral;
  • A etiqueta da aliança do jogador.
  • De notar que a cor de fundo de uma região pode variar:
  • Vermelha - pertence a inimigos assinalados pelo jogador;
  • Verde cinza - pertence a colegas de aliança;
  • Verde escuro - pertence a amigos assinalados pelo jogador;
  • Azul - todas as outras regiões (incluindo regiões vazias)
  • Ao fundo da página existe um quadro onde é possível:
  • Enviar naves ou veículos (na Terra) em diversas missões, para a(s) zona(s) seleccionada(s);
  • Para seleccionar uma região basta clicar na sua posição.
  • Enviar mensagens ao dono de uma região ou ver o seu perfil.


2. Fórmulas

  • Cálculo da antecedência com que se detectam frotas inimigas em direcção às regiões:
  • ''Nível_do_Observatório x 30min + 1h'''
  • Exemplo: com nível 0 sabe 1h antes, para aqueles que estão a menos de 1h, sabem assim que o ataque se inicia.
  • Caso possua várias regiões numa zona, a fórmula usa o Nível_de_Observatório mais elevado existente nessas regiões.

This page was visited 7.464 time(s) with average loading time of 0.020s.
Last edited in 03:02 11/10/09 by Bruno.